02/06/2017

Terceira audiência pública para concessão da BR-135 foi realizada em Cordisburgo

A Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas encerrou na quarta-feira (31/05), em Cordisburgo, as Audiências Públicas para a Concessão da BR-135, MG-231 e LMG-754. Essa foi a terceira audiência. As anteriores foram realizadas em Belo Horizonte, no dia 29/05, e em Montes Claros, no dia 30/05.

Durante o evento, prefeitos, vereadores, representantes de associações comunitárias e de outros setores da sociedade civil de Cordisburgo e municípios da região buscaram esclarecimentos e apresentaram sugestões à minuta do edital para exploração de 363,95 quilômetros de malha rodoviária mineira sob responsabilidade do DEER/MG, sendo 301,20 quilômetros na BR-135, do entroncamento com a BR-040 até a cidade de Montes Claros, passando pelas cidades de Curvelo, Corinto, Augusto de Lima e Bocaiúva. Fazem parte da concessão 22,65 quilômetros na MG-231 e outros 40,10 quilômetros de extensão na LMG-754, que passam por Cordisburgo.

Os maiores esclarecimentos solicitados se referiram as melhorias de acessos às cidades, inserções de faixas adicionais e localização de praças de pedágio. Os usuários da via terão acesso ao cronograma das intervenções obrigatórias, tais como implantação dos serviços e de obras, bem como os valores investidos, que serão disponibilizados no site da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (SETOP), link Transparência.

Estão previstos investimentos em obras de duplicação, ampliação da capacidade, segurança e manutenção periódica da rodovia da ordem de R$ 2 bilhões durante o período de concessão, sendo que a maior parte, cerca de R$1,17 bilhão, deve ser aplicada nas intervenções obrigatórias em cinco anos. O período de concessão será de 30 anos.

audiencia br 135 cordisburgo