Educação para o trânsito

O DEER/MG possui uma área voltada à Educação para o Trânsito, conforme a Lei n. 9.503 de 24/09/1997, que determina o dever dos órgãos do Sistema Nacional de Trânsito em assegurar aos cidadãos um trânsito em condições seguras.

Embora a legislação seja de 1997, o DEER/MG já atua na área de educação desde 1989, por meio do programa SOS TRÂNSITO, que tem o objetivo de orientar e conscientizar os usuários das vias para atitudes cidadãs.

Entre os trabalhos desenvolvidos pela equipe de Educação para o Trânsito destacam-se:

- Mobilização dos diversos segmentos da comunidade na busca de alternativas para minimizar os problemas de trânsito local;

- Conscientização da comunidade sobre a importância da educação como fator essencial para a segurança de todos;

- Capacitação dos usuários das vias;

- Formação de professores e educadores de trânsito.

- Realização de comandos educativos (blitze), cursos, palestras, seminários e distribuição de folhetos informativos e educativos.

História da Educação para o Trânsito no DEER

O Programa SOS Trânsito: Um projeto de vida foi um dos pioneiros no país, dando início às suas atividades em 1989. Seu objetivo principal era o de incentivar um comportamento mais seguro no trânsito, reduzindo, dessa forma, o número de acidentes causados pelo mesmo.

Com a instituição do Código de Trânsito Brasileiro (Lei nº 9.503, de 24 de setembro de 1997), que determinava que os componentes do Sistema Nacional de Trânsito deviam garantir aos cidadãos um trânsito em condições seguras, o projeto ganhou mais renome e liberdade no planejamento de novas atividades.

O Programa SOS Trânsito se tornou referência em Minas Gerais e depois em todo o Brasil pela qualidade de seus cursos preparatórios, palestras e seminários. Naquela época, devido à falta de estudos nacionais, eram utilizados materiais importados e traduzidos de países europeus como a Suécia. O seu trabalho na formação de novos educadores para o trânsito e outras iniciativas, fez com que o DEER/MG fosse contemplado diversas vezes com o importante Prêmio Volvo de Segurança no Trânsito.

Apesar do intuito inicial de atingir o público adulto, após estudos e pesquisa, o Programa teve seu campo de trabalho ampliado ao concluir que um trânsito melhor dependia de conscientizar o cidadão do futuro, ou seja, público infanto-juvenil. Para cumprir essa missão o DEER/MG e seus parceiros passaram a educar e estimular esse novo público por meio de ações lúdicas, como teatro, música e atividades em transitolândias.

Em 2011, ao ser alçado à posição de Gerência de Educação para o Trânsito, o Programa SOS Trânsito ganhou ainda mais respaldo dentro do departamento. Essa formalidade permitiu com que além das atividades propostas originalmente, fossem realizadas inúmeras outras intervenções, tais como cursos presenciais e à distância, e a produção de eventos como a Feira de Segurança no Trânsito e a Mostra de Trabalhos Educativos.

O sucesso das ações fez com que em outubro de 2016, a Gerência se tornasse ligado diretamente à Diretoria-Geral, por meio da Assessoria de Comunicação Social.

Atualmente, o Programa SOS Trânsito atua por meio de  atividades como a distribuição de folhetos educativos; promoção de cursos preparatórios para a formação de novos profissionais de educação do trânsito; intervenções diretas em rodovias e estradas onde recentemente foram realizadas obras ou que sofreram alteração em sua legislação; além da presença e desenvolvimento de intervenções especiais em caso de eventos comemorativos e educativos, como o Maio Amarelo e a Semana Nacional do Trânsito.

Ações Educativas

Maio Amarelo

Desde 2013, por meio do setor de Educação para o Trânsito, o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG), participa do Movimento Maio Amarelo: uma campanha nacional que busca conscientizar a sociedade sobre questões de segurança no trânsito.

A principal razão por trás do projeto é reduzir o número de acidentes ocorridos nas estradas, rodovias e ruas de todo o país. Atualmente, o Brasil é o quarto colocado em número absoluto no ranking dos países com maior volume de vítimas no trânsito. Além disso, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), em razão dos acidentes em ruas, avenidas, estradas e rodovias, morrem aproximadamente 44 mil pessoas por ano no país.

Dessa forma, em parceria com os órgãos do Sistema Nacional de Trânsito, o DEER/MG promove diversas atividades e ações educativas no mês de maio, com o objetivo não só de alertar a população sobre os perigos existentes, mas também de ajudar na construção de um trânsito mais seguro.

As ações englobam várias atividades, como passeatas, palestras e blitz educativas e não são restringidas somente à capital, sendo também realizadas em todo o estado de Minas Gerais por meio do auxílio das Coordenadorias do DEER/MG, tais como a de Formiga, Teófilo Otoni, Governador Valadares e Montes Claros.